Twin customizada da Royal Enfield supera  252 km/h em Bonneville Salt Flats
6 dezembro

Twin customizada da Royal Enfield supera 252 km/h em Bonneville Salt Flats

Pilotada por uma jovem de 18 anos, motocicleta foi idealizada e concebida
em parceria da Royal Enfield, S&S Cycle e Harris Performance

Location: Bonneville Salt Flats, Utah Photo: Bryan Ralph

A busca pela velocidade e pela excelência é uma grande paixão dos motociclistas. E foi em busca de ambos que a Royal Enfield, líder global no segmento de motocicletas de média cilindrada, competiu na Bonneville Salt Flats, em Salt Flats, nos EUA, e alcançou a velocidade recorde de 252,752 km/h com uma máquina projetada especificamente para o evento. A motocicleta Bonneville Racer foi desenvolvida em colaboração com a S&S Cycle e a Harris Performance e mostra todo o potencial dos novos motores de 650cc de dois cilindros da Royal Enfield, reforçando a reputação e o potencial de customização dos modelos da marca.

A Bonneville Racer foi uma das iniciativas mais inovadoras de customização promovidas pela Royal Enfield. O projeto do motor para o foi desenhado pela americana S&S Cycle, que tem experiência em ajustar motores e colocá-los em testes em Salt Flats. A britânica Harris Performance contribuiu com sua experiência em design de chassis. A empresa já havia produzido chassis para modelos de Gran Prix e Superbike, pilotados por alguns dos melhores pilotos do mundo, e este foi o primeiro produzido para testes de velocidade do gênero. As equipes seguiram as exigências do time de design da Royal Enfield, começaram a trabalhar e, alguns meses depois, a Bonneville Racer estava pronta para ser testada no sal.

O feito memorável foi alcançado por Cayla Rivas, uma jovem de 18 anos com características de pilotagem extremamente dinâmicas e confiantes – e foi a soma dessas características com a competência da equipe de engenharia e design da marca que levaram a essa conquista. A Bonneville Racer passou por 22 testes antes de atingir a velocidade recorde de 212,4 km/h sem óxido nitroso. A capacidade do motor, contudo, levou a equipe a tentar ainda mais velocidade. Mudanças no sistema de transmissão, ajuste de distância entre eixos e outras pequenas mudanças trouxeram a velocidade máxima final de mais de 255.8 km/h, com uma velocidade média recorde de 252,752 km/h – recorde ainda com confirmação pendente por parte da Federação Internacional de Motociclismo (FIM).

A Bonneville Racer é um marco para a Royal Enfield e demonstra na prática as capacidades do novo motor. É uma prova de que a plataforma tem uma base extremamente flexível e que a marca conta com uma excelente equipe, cuja paixão, experiência e disposição torna quaisquer desafios possíveis de serem superados.

Location: Bonneville Salt Flats, Utah Photo: Bryan Ralph

Modificações do motor:

– Kit de pistões para alta compressão S&S
– Kit de cilindros especiais S&S
– Bielas Forjadas S&S
– Corpo de borboleta especial S&S
– Comando de Válvulas S&S
– Módulo eletrônico e fiação S&S
– Kit de Transmissão S&S
– Injetor de alto fluxo S&S
– Bronzinas de alta resistência S&S
– Aumento da taxa de compressão com retrabalho no cabeçote S&S

– Tensionador da corrente de comando manual S&S

– Power Shifter- Translogic

– Embreagem de alta performance

– Óxido Nitroso – Nitrous Express

Centro Técnico da Royal Enfield no Reino Unido (UKTC) foi representado por Adrian Sellers, Gerente de programa; Pete Wycherly e Valentin Benzi, responsáveis pela realização de design e gráficos. A equipe de Design Industrial gerenciou o projeto como parte da iniciativa contínua da marca em produzir projetos personalizados, com o objetivo de encontrar maneiras novas de surpreender as pessoas com as motocicletas da Royal Enfield. Nas responsabilidades da equipe ficaram o estímulo, a gestão e o design inicial da Bonneville Racer, além da produção do corpo de fibra de carbono e trabalho de pintura.

Já a S&S Cycle (http://www.sscycle.comteve Jeff Bailey, Gene Dlask e o presidente Paul Langley como membros participantes do projeto, Eles foram os responsáveis pelas modificações e ajustes do motor e instalação e administração do óxido nitroso. A empresa tem apostado no desempenho dos motores V-Twin, fabricando e acelerando peças de melhoria de desempenho no mesmo local da cidade de Viola, nos EUA, onde tudo começou em 1958. Suas comprovações de confiabilidade e resultados consolidaram sua reputação ao longo dos anos.

Lester Harris, Tim Allan e toda a equipe da Harris Performance (http://www.harris-performance.com) foram os responsáveis pela especificação, design e montagem do chassi; e fabricação de quadros. Com mais de 40 anos de experiência, a empresa é uma das principais do mundo em design e construção de chassis para corridas de motocicletas. Já forneceu chassis para alguns dos melhores pilotos da história do esporte e agora é uma subsidiária da Eicher Motors – parte essencial do programa de desenvolvimento de chassis da Royal Enfield.

Nascida em Fresno, nos EUA, Cayla Rivas cresceu em meio a motocicletas de corridas de arrancada e outros eventos de velocidade assistindo seu pai, Chris Rivas. Foi assim que desenvolveu sua paixão por motociclismo ao longo da vida. Ela começou uma carreira de corridas em 2012, aos 12 anos, no Bonneville Salt Flats, em Utah, nos EUA. Em sua primeira tentativa, Cayla pilotou um V-Twin de 250cc preparado sob medida por seu pai e estabeleceu o recorde de 99,7 km/h na categoria. Atualmente, Cayla possui 12 recordes de velocidade em Bonneville e em El Mirage Dry Lake, com uma velocidade máxima de mais de 225,3 km/h. Com a Bonneville Racer, ela terá será seu 13º recorde e uma nova velocidade máxima, caso a confirmação pendente seja outorgada pela FIM.

Clique aqui para baixar os vídeos da Bonneville Racer em ação!

Fonte: CDI Comunicação

Fotos: Bryan Ralph

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *