Pelo segundo ano consecutivo, Bonneville T120 é eleita a melhor “Motocicleta Clássica”
27 março

Pelo segundo ano consecutivo, Bonneville T120 é eleita a melhor “Motocicleta Clássica”

A Triumph voltou a se destacar no prêmio “Guidão de Ouro”, promovido pela revista Motoaction. Pelo segundo ano consecutivo, o modelo Bonneville T120 venceu na categoria “Motocicleta Clássica”, que foi introduzida na premiação em 2017. A escolha das motocicletas vencedoras foi feita diretamente pelos internautas e leitores da revista Moto Motoaction, pela Internet. É a 14ª edição do prêmio.

Assim como a icônica Triumph Bonneville T120 original, que alcançou um incrível sucesso graças ao seu visual de tirar o fôlego, seu desempenho revolucionário, seu equilíbrio, sua elegância e sua atitude única, a Bonneville T120 atual está em perfeita sintonia com o desejo atual dos consumidores do segmento por autenticidade e desempenho. A personalidade da Bonneville T120 renasce através do motor de alto torque de 1200 cc. Construído para o estilo clássico modernizado de pilotar, com uma entrega de força imediata, ele produz um torque máximo de 105 Nm. O novo propulsor oferece respostas instantâneas graças ao sistema de aceleração ride-by-wire de última geração da Triumph.

A Triumph Bonneville T120 cria um novo padrão de qualidade, estilo e desempenho no segmento das motocicletas clássicas modernas, com uma fartura de tecnologia focada no piloto, para proporcionar controle avançado da motocicleta, maior segurança e também para melhorar a confiança do piloto durante a condução – incluindo, por exemplo, controle de tração comutável, embreagem deslizante assistida, freios ABS de última geração e dois modos de pilotagem.

Lançada no Brasil em 2012, a Triumph vem conquistando diversas premiações do setor desde então. A marca já soma, com esta nova conquista, 42 prêmios no País – sendo 15 deles obtidos somente no ano passado. É o quarto prêmio conquistado no Brasil por um modelo da nova família Bonneville de motocicletas clássicas da Triumph, introduzida no mercado nacional em 2016. Além das duas premiações obtidas pela T120 no “Guidão de Ouro”, o modelo Scrambler venceu, no ano passado, os prêmios “Moto do Ano” e “Top Moto TV.

CLÁSSICAS DEVEM CRESCEM EM 2018

A Triumph fechou 2017 com 760 motos clássicas comercializadas no País, o que representou uma participação de 19% das vendas da marca. O destaque foi o modelo Bonneville Street Twin, com 241 unidades. Para este ano, a meta é saltar para cerca de 1.000 motos clássicas, o que representará uma alta de 33,5% sobre o volume de 2017. Se confirmado, este volume representará uma participação de 23,5% sobre o total de vendas da fabricante inglesa no País em 2018.

Nos últimos dois anos, a Triumph foi a marca que mais lançou modelos clássicos em todo o mundo e, por isso, hoje já é reconhecida como um dos principais players deste segmento. A estratégia de trazer cava vez mais novidades para o segmento terá continuidade a partir de maio, com o lançamento da nova Bonneville T100 Black, exposta na última edição do Salão Duas Rodas. O modelo reúne a personalidade icônica da Bonneville, estilo atemporal inspirado nas Bonneville de 1959, muita tecnologia de ponta, acabamento sofisticado e mais de 150 acessórios para o cliente customizar a sua motocicleta, do seu jeito, na própria concessionária.

Quando se fala em tradição no setor, surge um dos principais diferenciais da Triumph no segmento de clássicas. Enquanto algumas marcas estão criando novos modelos com visual retrô, a Triumph relança modelos emblemáticos e de grande sucesso que fazem parte da sua longa história – em 2018, para se ter ideia, se completam 116 anos de criação da marca. Um bom exemplo é marca Bonneville, criada nos anos 50, e considerada até hoje um dos maiores ícones da Triumph em sua história. As novas clássicas da Triumph resgatam não só este visual retrô, mas também um passado glorioso da fabricante, incorporando tecnologia de última geração.

A Triumph possui hoje o portfólio de motocicletas clássicas mais completo do Brasil. Os sete modelos disponíveis no mercado nacional são equipados com duas opções de motorização. Os modelos Street Twin, Street Cup e Street Scrambler utilizam o motor de 900 cc, de alto torque, com cinco marchas. Já as motocicletas Bonneville T120, Bonneville T120 Black, Thruxton R e Bobber vêm de fábrica com um propulsor de 1.200 cc, com potência elevada e seis marchas.

Fonte: g6 Comunicação Corporativa

Fotos: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *