DESIGN E ELEGÂNCIA, UM NOVO PRÊMIO PARA O FORD GT QUE UNE ARTE E CIÊNCIA
31 maio

DESIGN E ELEGÂNCIA, UM NOVO PRÊMIO PARA O FORD GT QUE UNE ARTE E CIÊNCIA

A Ford vem colecionando vitórias nas pistas e prêmios especiais com o criativo design do novo GT. Especialistas do Instituto de Belas Artes de Boston e do Museu do Automóvel de Massachusetts, além da imprensa automotiva daquela região dos Estados Unidos, deram ao esportivo da Ford o prêmio “Gene Ritvo 2016”, criado para homenagear o melhor design e os elementos que definem a elegância de um veículo.

O supercarro GT une arte e ciência. Foi revelado pela primeira vez no Salão Internacional de Detroit de 2015 e representa o que há de mais avançado na indústria. De alta performance, ele estabelece novos padrões de inovação em desempenho, com motor turbo EcoBoost, design e aerodinâmica, combinado com o uso de materiais leves avançados.

Recentemente, o novo Ford GT também venceu dois prêmios de design na França, o de Supercarro Mais Bonito do Ano, no Festival Automotivo Internacional, e o prêmio especial do júri no Concurso de Arte e Elegância, ambos realizados em Paris.

Um carro do século 21

“O Ford GT 2017 tem um design revolucionário que mantém a essência do GT40 original ao se tornar um carro do século 21. Ele mostra nosso compromisso com o desempenho e a inovação em todos os aspectos do nosso negócio”, disse Moray Callum, vice-presidente de Design da Ford. “É uma honra receber este prêmio, um grande reconhecimento para todo o time que trabalhou na criação do novo Ford GT”.

O grande desafio da Ford ao conceber este carro foi ter como base o GT40 original, um dos modelos mais belos e emblemáticos da história automobilística americana. “A Ford conservou a alma do original, que ainda é identificável, mas usou ferramentas, materiais e tecnologias modernas para transformá-lo em um carro atual,” disse Zachary Dollar, diretor do Museu de Belas Artes.

Gene Ritvo

“O Ford GT representa o futuro hoje, mas nunca se distancia demais das proporções que fizeram do GT40 um clássico instantâneo”, disse Craig Fitzgerald, presidente de associação de imprensa automotiva de New England. “Ele não é um carro nostálgico, mas olha para trás com carinho suficiente para se tornar atraente a diferentes gerações de fãs. É um merecido vencedor do prêmio que leva o nome do nosso amigo Gene Ritvo”.

Membro destacado da associação de imprensa automotiva de New England, Gene Ritvo foi um fotógrafo veterano admirado pelo olhar aguçado. Este é o segundo Prêmio Ritvo conquistado pela Ford, que também venceu em 2012 com a nova geração do Fusion.

Imprensa Ford

Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *